Cabos de tração e compressão (push-pull)

APLICAÇÕES

Máquinas Agrícolas, Máquinas de Construção Civil, Automotivos Pesados, Leves, entre outros acionamentos como: – Acionamento e Controle de Válvulas; – Comando do Acelerador; – Controle de Direção; – Seleção e Engate da Transmissão; – Outros Acionamentos.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

BACKLASH (curso morto)
Curso morto, é o curso perdido ao realizar a inversão de tração para compressão ou compressão para tração, é causado pela folga existente entre o núcleo e o conduíte, devido à curvatura aplicada no conjunto. Isto ocorre quando o conjunto conduíte e núcleo são curvados, devido a folga existente entre eles.

TEMPERATURA DE TRABALHO
Os cabos da Controlflex, com lubrificação padrão, irão operar em uma temperatura sustentada a partir de -40°C até 100°C. Para operações em temperaturas diferentes do especificado, consulte o Departamento de Engenharia do Grupo Controlflex.

RAIO DE CURVATURA
O raio da curvatura do cabo deve sempre ser o maior possível para a máxima vida e eficiência do cabo. A vida especificada para o menor raio de curvatura reflete a resistência do núcleo à fadiga. Significa que o layout de instalação, deve respeitar esse raio mínimo ou maior, a fim de otimizar a vida do cabo.

Outras variáveis que afetam a vida do cabo: a carga de saída, comprimento, somatória de graus do layout de instalação. A soma dos efeitos: altos raios de curvatura, baixas cargas, pequenos comprimentos e poucos graus, irá contribuir para uma vida longa da peça.

VEDAÇÃO
Os cabos Controlflex têm vedadores feitos de compostos termoplásticos com propriedade para reter a penetração de impurezas no interior do conduíte e minimizar o atrito operacional. Isso se traduz em eficiência melhorada com redução de esforço do operador.

LUBRICAÇÃO
Os cabos Controlflex são lubrificados durante o processo de fabricação, o que proporciona a garantia da lubrificação para toda a vida últil do cabo, não necessitando lubrificação adicional.

EFICIÊNCIA
Eficiência ou o relacionamento entre a força de entrada necessária para uma dada força de saída é primeiramente determinada pelas curvas no cabo

MÁXIMA FORÇA DE ENTRADA RECOMENDADA
A capacidade de força recomendada reflete o melhor equilíbrio entre as características de força e vida. A vida operante do cabo pode ser estendida utilizando menos do que a capacidade de força máxima recomendada.
Cargas pouco frequentes, ou momentâneas, podem exceder a capacidade de força recomendada consideravelmente sem causar falha. Isto irá, no entanto, reduzir a vida útil de operação do cabo.

LAYOUT (INSTALAÇÃO)

Quando as extremidades dos cabos forem conectadas aos objetos, a vida e a eficácia máximas podem ser alcançadas através do alinhamento preciso em ambos os planos.

Quando as extremidades dos cabos foram conectadas às alavancas, o ponto de conexão irá descrever um arco assim que o cabo se move através de seu percurso. No padrão, os cabos possuem um ângulo de 16° para suportar este desvio.

Apesar dos cabos serem dispositivos flexíveis de transferência de movimento, um melhor desempenho e vida útil podem ser alcançados mantendo um valor mínimo de curvaturas. Onde as curvas forem necessárias, deve-se permitir que o raio possua o valor máximo possivel.

Os cabos Controlflex são selados e resistem ao desgaste e contaminação. São protegidos contra rupturas, esmagamento e os efeitos ocasionados pelo calor excessivo. As extremidades operacionais são protegidas contra pulverização direta e poeira excessiva.